Publicado em Sem categoria

Janelas em paredes inclinadas

Quando criamos paredes inclinadas no Revit através de massa encontramos um problema na colocação de janelas e portas se quisermos que elas acompanhem a inclinação da parede pois sempre são posicionadas na vertical como mostra a imagem abaixo:

image

Para criar uma porta ou janela que acompanha a inclinação precisamos criar uma família diferente da padrão de janelas ou portas, neste caso, uma família do tipo “Modelo genérico métrico com base na face”, essa família é colocada em faces de objetos e automaticamente acompanha a posição dessa face. Apenas como exemplo criei um modelo bem simples, apenas uma extrusão com parâmetros de altura, largura e de onde inicia e termina sua extrusão.

image

Para que o elemento seja cortado criei também uma extrusão de vazio e com a ferramenta “Cortar geometria” usei a mesma para cortar a geometria da face onde foi colocada.

imageimage

Agora para que o Revit entenda essa família genérica como Janela é necessário mudar a categoria da família de “Modelos genéricos” para “Janelas” através da ferramenta “Categoria e parâmetros de família” que se encontra na aba “Modificar”

image

image

Carregando no projeto podemos colocar a janela na parede inclinada que ela irá acompanhar a inclinação da mesma:

image

Entendendo o básico podemos agora criar uma janela mais complexa e com mais parâmetros, uma dica é usar famílias aninhadas, isto é, carregar uma família dentro da outra, neste caso poderíamos modelar um modelo genérico de janela com seus parâmetros e usar tanto em uma família com base em face, quanto em uma família de janelas comum.

Publicado em Sem categoria

Revit 2017 – Algumas novidades

A Autodesk anunciou a nova versão do Revit 2017 com várias mudanças e melhoramentos, no canal Autodesk Building Solutions podemos ver grande parte dessas novidades e diversos videos explicando essa e outras ferramentas, outro link com um resumo dessas novidades pode ser acessado no blog Revitoped.blogspot.

De todas as novidades essas foram as que mais me saltaram aos olhos:

Efeito de profundidade nas vistas, antes para esmaecer elementos distantes tínhamos que selecionar parte por parte do modelo e mudar sua representação agora temos uma ferramenta que permite fazer isso facilmente.

Melhoria nos guarda-corpos, agora pode-se colocar os guarda-corpos em coberturas inclinadas por exemplo.

Melhoria nas tabelas, podemos agora combinar diferentes informações em uma coluna, por exemplo transformar as colunas “largura” e “altura” em uma “largura x altura”

Dynamo embutido, agora o Revit já vem de fábrica com o Dynamo.

Conexões metálicas, uma solução que lembra bastante o Advance Steel.

 

Publicado em Sem categoria

Um exemplo de topografia no Revit

Sempre vejo dúvidas sobre a parte de terreno no Revit, o que é ou não possível fazer no mesmo, e apesar de complexo no início da para fazer muita coisa com as ferramentas de topografia do Revit.
Como exemplo refiz a topografia do terreno da casa Koshino do Tadao Ando que é um terreno bastante acidentado, começando do zero, dividindo o terreno e editando os pontos da topografia é possível suprir grande parte das necessidades deste modo.

21

Publicado em Sem categoria

Telhados que se cortam automaticamente – Telhados adaptativos

No post anterior comentei um modo de cortar telhados complexos, mas com famílias adaptativas podemos automatizar aquele processo ao custo de um modelo mais pesado. HyunWoo Kim é um arquiteto que possui ótimos vídeos e exemplos de modelagem avançada no Revit, desde famílias adaptativas ao uso do Dynamo, o mesmo no vídeo abaixo demonstra o uso de uma dessas famílias.

Mas o mais interessante é a rotina criada através do Dynamo para criar telhados complexos, com telhas e cumeeiras de maneira automática, como mostrado abaixo:

No blog dele http://plevit1.blogspot.com.br/2015/01/dynamo-spanish-roof-tile-generator.html tem toda a rotina e famílias utilizadas, mas o mais interessante é que o mesmo mostra a lógica utilizada para criar a rotina, o que permite qualquer um estudar e criar a sua própria. Eu cheguei a criar uma parecida com telhas romanas algum tempo atrás.

Publicado em Sem categoria

Cortando paredes do tipo “parede cortina” e telhados do tipo “vidraça inclinada” (curtain wall curtain roof)

Apesar de ser recomendável sempre manter o projeto o mais leve possível e evitar uso de modelagens desnecessárias é bastante comum o uso de telhados com telhas modeladas e na maioria das vezes (se não todas) sempre enfrentamos problemas com cortes dessas telhas ou cortes em perfis em paredes.

Um método que descobri para cortar essas telhas é utilizando um componente modelado com a forma que deseja, como mostrado no tutorial abaixo:

Foi utilizado o template Minha casa minha vida, da Contier Arquitetura que pode ser baixado pelo link: http://contier.com.br/downloads, criei um telhado simples com duas paredes para exemplificar uma situação onde encontramos a necessidade de cortar o telhado em encontro com a parede, como mostrado na imagem abaixo:

image

Para poder cortar este telhado precisamos criar um componente modelado no local com a forma que desejamos cortar, neste caso com a forma da parede envolvendo as partes que serão cortadas. Para isso iremos na aba Arquitetura > Componente > Modelar no local > Modelos genéricos, e criaremos a forma como na imagem a seguir:

image

image

image

image

Com a forma abrangendo tudo que queremos cortar, basta concluir o modelo e agora podemos utilizar a ferramenta Cortar geometria para cortar o telhado clicando sobre as telhas e então sobre o componente modelado

image

Agora ocultamos o componente e podemos visualizar o telhado cortado:

image

Problema deste método que será necessário ocultar esta forma em todas as vistas, mas é uma forma rápida de cortar essa geometria mais complexa sem utilizar famílias adaptativas.