Publicado em Revit

Revit: criação de terrenos, cálculo de corte e aterro, e algumas dicas

Nesse tutorial vou explicar como criar um terreno no Revit, como fazer o programa calcular automaticamente corte e aterro do mesmo, as desvantagens do uso de pads/plataformas de construção e como construir uma tabela com o corte e aterro do terreno criado.

Na aba Massa e Terreno, encontramos as ferramentas de criação e modificação de terrenos. Podemos criar terrenos de dois modos: diretamente no Revit por inserção de pontos e por importação de curvas de nível.

image1

Clicando na seta apontando para baixo do lado de Modelar terreno, abrimos a janela de Configurações do terreno, onde podemos definir os intervalos das curvas de nível, material de corte do terreno, nível base do mesmo e as propriedades de ângulos.

image2

1. Criando um terreno

Ao clicarmos na ferramenta Superfície topográfica abrimos a aba Modificar/Editar superfície, onde podemos criar a superfície a partir de pontos, ou de uma importação.

Para criarmos a partir de pontos, basta selecionarmos essa opção e na barra de opções definirmos a elevação do ponto e se será absoluta ou relativa a uma superfície

image3

image4

image5

Para criarmos a partir de uma importação, basta selecionarmos essa ferramenta e o tipo de importação. Por curvas de nível, basta selecionarmos a opção Selecionar instância da importação e selecionarmos nossas curvas de nível.

image6

image7

image8

Definimos quais os layers contém as curvas de nível e o Revit irá criar a superfície topográfica.

2. Dividindo o terreno

Para dividirmos o terreno em partes menores, basta utilizarmos a ferramenta Dividir terreno e desenhar a área que será recortada do terreno, deste modo, o Revit dividirá o terreno e se quisermos podemos deletar o que não formos utilizar:

image9

image10

image11

image12

3. Cálculo de corte e aterro:

3.1. Sem manter o terreno original

Para calcularmos volume de corte e aterro devemos utilizar a ferramenta Região com eixos:

image13

Após selecionarmos a ferramenta, ela abre a janela Editar região gradeada, que nos dá as opções: Crie uma nova superfície topográfica exatamente igual à existente, e Crie a nova superfície topográfica com base somente nos pontos do perímetro. Iremos selecionar a opção para criar uma superfície igual a existente. Clicar na superfície que criamos e o Revit criará uma cópia da mesma.

image14

O Revit poderá acusar que estamos criando a superfície na mesma fase do projeto que estamos usando, se quisermos manter a superfície original em outra fase, devemos selecionar o terreno antes e, definir o mesmo para a fase Existente em suas propriedades.

image15

Nesse caso, vamos ignorar o erro e modificar a superfície, deletando e adicionando pontos na sua topografia. Se nas propriedades da vista selecionarmos a opção Exibir tudo, podemos visualizar o terreno original em um tom de azul transparente.

image16

image17

Selecionando o terreno, obtemos em propriedades seus valores de corte e aterro:

image18

3.2. Mantendo o terreno original

Primeiramente, mudamos a Fase do terreno para Existente, assim, o Revit manterá o terreno original e o terreno modificado.

image19

Novamente, usamos a ferramenta Região com eixos e na janela Editar a região gradeada, escolhemos a primeira opção, Criar uma nova superfície topográfica exatamente igual à existente.

image20image21

Agora, podemos modificar o terreno conforme desejarmos, como exemplo, apenas selecionei todos os pontos e, aumentei a elevação dos mesmos em 1m.

image22

Para visualizar o terreno original basta na janela Propriedades de alguma vista, mudar a fase para Existente.

image23

Observe que, ele exibirá apenas a fase Existente e os objetos que estão nessa fase. Uma opção para exibir o terreno original e modificado é definir a Fase como Fase 1 e utilizar como Filtro de fase a opção Exibir tudo. Assim, o terreno original será exibido em um tom de vermelho.

image24

image25

O volume de corte e aterro, como também, uma relação entre eles, será exibido na janela Propriedades ao selecionarmos o terreno modificado.

4. Plataformas de construção

Plataformas de construção tem a função de planificar o terreno onde forem colocadas. Definimos seu nível e a altura do deslocamento. Podemos modificar suas propriedades como espessura e materiais como se fosse um piso.

image27

Basta desenharmos o perímetro da plataforma de construção e o terreno será modificado para se ajustar a ela. A plataforma de construção cria um novo terreno onde for colocada, por isso, se estivermos calculando o volume de corte e aterro do terreno devemos usar os dois terrenos como base, calculando os totais na tabela.

image28

image29

5. Editar pontos

Outro modo de modificar o terreno é, modificando os pontos do mesmo. A vantagem deste modo é não ter uma piso colocado, a desvantagem é ter que editar manualmente os pontos e não ser possível visualizar a lateral do terreno.

Como exemplo este terreno:

image30

Ao utilizar a ferramenta Região com eixos iremos visualizar os pontos do terreno, como não precisamos de todos, iremos deletar os pontos internos deixando apenas os dos cantos.

image31

image32

Em uma vista de elevação, verificamos que a base do piso se encontra a 0.12m de altura, então selecionei os 4 pontos e defini a elevação dos mesmos como 0.12m.

image33

Agora, dividimos o terreno para poder alterar a altura do terreno no local da piscina. Para isso, com a ferramenta Dividir superfície, criamos um retângulo no local da piscina e depois dividimos o mesmo novamente com uma linha, pois a piscina tem uma parte mais alta.

image35

image34

Editando novamente os pontos teremos ao final, o seguinte terreno. Aqui mostrado junto com o original, e o corte na piscina mostrando como ele está acompanhando o fundo da mesma.

image36

image37

* Poderíamos também utilizar uma mescla de editar pontos e plataforma de construção sem problemas, mas devemos prestar atenção, pois a espessura da plataforma interfere no cálculo de volume e aterro.

Editando pontos

image38

Plataforma 30cm

image39

Plataforma 1cm

image40

6. Criando uma tabela com valores de corte e aterro

Na aba Vista vamos criar na ferramenta Tabela/Quantidades.

image41

Abrirá então a janela Nova tabela, em categoria definimos Topografia e se desejarmos podemos dar um nome a esta tabela.

image42

Na próxima janela, Propriedades da tabela adicionamos os campos Cortar, Preencher e Corte/Preenchimento de rede

image43

Se tivermos diversos terrenos, podemos calcular os totais de corte e aterro. Para isso, na aba Classificar/Agrupar desativamos a opção Classificar em itens cada instância.

image44

E na aba Formatação, ativamos em todos os campos a opção Calcular totais.

image45

Agora, temos uma tabela com os dados de corte e preenchimento.

image46

Anúncios

7 comentários em “Revit: criação de terrenos, cálculo de corte e aterro, e algumas dicas

  1. Olá Winderson, ótimo post! Gostaria de saber como posso fazer um paisagismo, com caminhos que seguem essa superfície criada, você sabe me tirar essas duvida?
    Obrigada!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s